Convocatória – Greve Geral

Conforme decisão do último Congresso Extraordinário da FENAPSI – Federação Nacional das/os Psicólogas/os, o SINPSI-MS – Sindicato dos Psicólogos de Mato Grosso do Sul apoia e convoca toda a categoria profissional das/os Psicólogas/os a participar das manifestações marcadas para o dia nacional de Greve Geral, que será realizado na próxima sexta-feira (28) em todo o Brasil.

O Sindicato está monitorando as ações em diversos municípios em que Psicólogas/os, unidas/os à outras categorias e em torno de deliberações das bases às quais pertencem, decidiram parar as suas atividades de trabalho por um dia e sair às ruas em diversas manifestações que tomarão o país.

O movimento reúne inúmeros sindicatos e categorias das mais diversas, dos setores público e privado, do campo e da cidade que vão parar as atividades e ocupar as ruas para denunciar os retrocessos que o atual Governo Federal quer impor ao país com a proposta de terceirização sem limites, o desmonte da Previdência Social, das leis trabalhistas e das políticas públicas brasileiras.

Defendidas pelo governo Temer e sua base no Congresso Nacional como a “salvação para o Brasil”, essas mudanças têm objetivos específicos: retirar direitos trabalhistas, baratear a mão de obra brasileira e aniquilar garantias sociais conquistadas com muito esforço pelas/os brasileiras/os. Não por acaso, a Câmara dos Deputados conseguiu aprovar na última quarta-feira (19), depois de algumas derrotas, o requerimento de urgência da tramitação da Reforma Trabalhista, uma medida antidemocrática e nada condizente com a gravidade desse projeto para as trabalhadoras/es brasileiras/os. Já a votação da Reforma da Previdência está marcada para o início de maio, logo depois da comemoração do Dia da/o Trabalhadora/or.

Diante da impossibilidade de diálogo com esse governo ilegítimo, da arbitrariedade de medidas que desmontam as políticas públicas nas quais atuam as/os psicólogas/os, da retirada de direitos trabalhistas básicos (férias, 13º salário, horário de almoço etc) e do avanço das terceirizações, a nossa categoria profissional não poderá de forma alguma ficar calada! Perante tamanha ofensiva de retirada de direitos entendemos que a greve geral se torna um caminho de mobilização e organização das/os psicólogas/os em defesa dos direitos sociais e trabalhistas de toda a população.

Entre também nesta luta! 28 de abril é dia de parar o Brasil! Todas/os às ruas!

A direção

SINPSI-MS – Sindicato dos Psicólogos de Mato Grosso do Sul