NOTA PÚBLICA DE REPÚDIO

Toda a solidariedade à família da Professora Nádia Sol, vítima de feminicídio

A Central Única dos Trabalhadores manifesta seu pesar, pelo falecimento de Nádia Sol Neves Rondon, vítima de feminicídio, ela foi assassinada de forma covarde pelo seu ex-companheiro, na cidade de Corumbá-MS, na manhã do último dia 9 de março, data de seu aniversário.

A CUT-MS presta sua solidariedade aos familiares de Nádia, que era professora na Escola Municipal Pedro Paulo de Medeiros.

Repudiamos o feminicídio e toda e qualquer violência contra as mulheres.

Defendemos uma cultura da paz, do respeito mútuo e da solidariedade entre as pessoas, não aceitamos e nunca aceitaremos calados qualquer situação de violência contra as mulheres.

Dados recentes do Departamento de Pesquisas Judiciárias do Conselho Nacional de Justiça, informa que havia “mais de 1 milhão de casos pendentes de violência doméstica, 13% a mais do que em 2016”, acompanhado do aumento de 34% em casos de feminicídio no país.

O Brasil é o 5º país em morte violentas de mulheres no mundo e o Estado de Mato Grosso do Sul, ocupa o 3º lugar em feminicídio dentre todos os Estados brasileiros.

Central Única dos Trabalhadores de Mato Grosso do Sul.

Escrito por: CUT-MS / Com informações de: FETEMS e CNJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *