PLANO DE AÇÃO 2013/2016

-Lutar contra a aprovação e sanção do PL do Ato Médico;

-Fortalecer a democracia e a valorização do trabalho do Psicólogo;

-Defender o concurso público e as políticas públicas;

-Organizar e representar os atuais terceirizados como incorporação de compromissos nas estratégias do Sindicato;

-Criar uma política especial de valorização do trabalho das mulheres incluindo o debate de gênero nas pautas Sindicais: Remuneração Igual para trabalho de igual valor, promovendo a participação igualitária de homens e mulheres;

-Aprofundar a ação na regulação da Saúde Suplementar compreendendo a  criação da Agência Nacional de Saúde Suplementar, através da Lei 9.961/00, que ampliou o papel do Estado na regulação e controle da assistência do setor privado de saúde, abrangendo temas de grande complexidade;

-Apoiar e lutar junto a Fenapsi pela atualização da Tabela Referencial de Honorários, tanto no reajuste de valores como também na ampliação do Rol de Procedimentos;

-Promover campanha para o salário mínimo necessário da categoria em articulação com o DIEESE;

-Defender a Redução da Jornada de Trabalho máxima 30 horas semanais sem Redução de Salário;

-Seguir na defesa do SUS e das  Diretrizes do PCCS-SUS – Plano de Cargos Carreiras e Salários do SUS e sua efetiva implementação;

-Lutar pelo cumprimento e implantação efetiva do SUAS – Sistema Único de Assistência Social e da NOB-RH/SUAS, garantindo os direitos trabalhistas previstos em lei, como PCCS, contratação por concurso público, etc;

-Articular junto à demais entidades de outras categorias e o FETSUAS-MS – Fórum dos Trabalhadores do SUAS de Mato Grosso do Sul pelo aumento e manutenção dos psicólogos como trabalhadores do SUAS;

-Fiscalizar e combater a precarização de trabalho dos Psicólogos e outros trabalhadores do SUAS, com atenção às condições inadequadas do trabalho e formas de contratação (concurso público no lugar dos processos seletivos, terceirizações e outros meios de contratação, remunerações dignas);

-Garantir a implementação da Psicologia na Educação defendendo a aprovação do PLC 060/2007, conforme parecer do Senador Flávio Arns, que trata da inclusão dos psicólogos e assistentes sociais na educação;

-Vigiar as relações de trabalho dos Psicólogos em instituições de privação de liberdade, garantindo atuação qualificada e adequadas condições de trabalho, bem como a imediata contratação por concurso público dos quadros de funcionários;

-Apoiar as ações de luta da categoria juntamente com a Fenapsi;

-Lutar pela efetivação de Acordos e Convenções Coletivas de Trabalho para as/os trabalhadoras/es da Psicologia;

 

Gestão 2013/2016 “Cuidando e Valorizando a Profissão”

Diretoria Executiva
Presidenta – Glace do Carmo Freitas Siqueira
Vice-presidenta – Maria Cecilia Romero da Rocha
Tesoureira Geral – Mariene Lúcia Ferreira Neageli
Primeira Tesoureira – Juliane Gomes Yonamine
Secretaria Geral – Camila Maksoud Torrecilha Cancio
Primeira Secretaria – Mislene Lahoud Albuquerque
Diretoria de Imprensa e Comunicação – Simone Silveira Cougo
Diretoria de Relações e Condições de Trabalho – Guadalupe Lazcano Mores
Diretoria de Apoio Científico – Evelyn Gaspar Balbino
Diretoria de Políticas de Saúde – Márcio Luiz Oliveira de Aquino
Diretoria de Políticas de Gênero, Raça, Pessoas com Deficiência e para a Mulher – Patrícia Cezar dos Santos
Diretoria de Políticas Sociais – Rosiane Basualdo Hernandes
Diretoria de Políticas Educacionais – Célia Maria dos Santos
Diretoria de Políticas Sindicais – Deize Ribeiro dos Santos
Diretoria de Assuntos Jurídicos – Walkes Jacques Vargas

Conselho Fiscal:
Janeide Gomes de Albuquerque
Susy Layne Cortes Lopes
Kátia Regina Tognini

Suplentes do Conselho Fiscal:
Patrícia de Carvalho Silva
Juracy Aparecida Battaglin Coquemala