Trabalhadores de todo o Brasil vão para as ruas no dia 11

Trabalhadores de mãos dadas por um país melhor!

Os movimentos sociais e sindicais de todo o Brasil realizarão atos nas principais capitais brasileiras na próxima quinta-feira, 11 de julho, com o intuito de pautar as lutas pelos direitos dos trabalhadores brasileiros no momento em que o país está passando, onde o povo está nas ruas, realizando grandes manifestações e reivindicando um país melhor. Nacionalmente o movimento está sendo organizado pelas centrais sindicais do Brasil e pelo MST Nacional (Movimento Sem Terra).

O ato que pretende reunir mais de 15 mil trabalhadores de todo o estado, das mais diversas categorias, está marcado para a quinta-feira (11), às 9 Horas, em Campo Grande, na Praça do Rádio Clube.

Em Mato Grosso do Sul, além das centrais sindicais e do MST, outros movimentos sociais, como os Diretórios Centrais de Estudantes de várias universidades, a FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) e sindicatos de base das categorias, também estão à frente da organização e mobilização desta atividade que terá como pauta: a Redução da Jornada de Trabalho para 40h semanais, sem redução de salários; Fim do fator previdenciário; 10% do PIB para a Educação; 10% do Orçamento da União para a Saúde; Transporte público e de qualidade; Valorização das Aposentadorias; Reforma Agrária; Retomada das Terras Indígenas; Suspensão dos Leilões de Petróleo; Contra o PL 4330, sobre Terceirização; Pela Democratização da Comunicação e pela Reforma Política.

Todos que participarão estão liberados para utilizar faixas e bandeiras com as suas reivindicações.

VEM PRA RUA COM A CLASSE TRABALHADORA!!!

Movimento de Luta da Classe Trabalhadora de Mato Grosso do Sul